O Feminismo é um movimento para todos

“Definido como movimento para acabar com a opressão sexista, o feminismo autoriza homens e mulheres, meninos e meninas, a participarem em condições iguais da luta revolucionária” – Bell Hooks[1]


Quando pensamos em luta feminista, quase que automaticamente fazemos uma ligação com a ideia de que igualdade de gênero é sinônimo de libertação de mulheres. Esse paradigma implica na ideia de que o feminismo é coisa de mulher, afastando a participação masculina do movimento.


A pior consequência dessa distorção, que tem origem no feminismo liberal, é a criação de mais uma obrigação baseada em papeis sexuais socioculturais às mulheres: a tarefa de fazer a revolução feminista.


É preciso entender que os homens não são inimigos das mulheres. Claramente existem privilégios sexistas masculinos, claramente existem homens que usam e abusam deles, mas, claramente, existem homens que possuem tantas vulnerabilidades que os tornam mais próximos das mulheres do que de outros homens.


Inegável é o fato de que mulheres brancas, de classe média/alta, têm mais oportunidades e privilégios que homens pretos e pobres. É justamente esse recorte que precisa ser feito na luta feminista, ao contrário, corre-se o risco de regredirmos à época em que o movimento era uma luta elitista e branca.


Longe de existir uma única verdade. Existem inúmeras correntes feministas, cada qual com sua concepção. No entanto, é imperioso que a seguinte reflexão seja feita: no que ajudará o combate ao sexismo e ao ódio em face das mulheres o ataque desmedido contra homens?


Essa atitude apenas intensifica o sexismo e potencializa o antagonismo já existente entre homens e mulheres. Ademais, atitudes virulentas ainda afastam outras mulheres do movimento, fazendo com que toda a luta perca força e até mesmo o sentido, afinal, a luta é por todas nós e por nenhuma a menos!


Sendo assim, é importante que seja validada a ideia de que existe um elo que une pessoas que lutam coletivamente pelas diversas libertações necessárias dentro da sociedade, sendo certo que esse elo deve ser primordialmente estimulado entre as mulheres, mas, também deve ser estendido aos homens.



O feminismo é um movimento político que busca a transformação da sociedade como um todo. Essa transformação só pode ser de fato alcançada em conjunto. A história prova que qualquer movimento fragmentado perde força. Embora as interseccionalidades devam ser sempre reconhecidas, o afastamento dos homens desta responsabilidade apenas serve como base para a manutenção do status a quo.


É crucial a participação ativa de homens no movimento feminista. Isso porque a cultura e a sociedade imputam a eles uma educação que os leva ao comportamento sexista e opressor. Esse modelo apenas sofre alguma alteração quando os próprios homens tomam consciência que podem levar uma vida afirmativa e significativa sem explorar e oprimir mulheres.


Promover essa consciência deve fazer parte da luta feminista, por meio de estratégias que aproximem os homens ao movimento, que promovam pensamentos críticos à educação sexista que nos é dada na infância, que apontem como as grades que prendem as mulheres dentro de conceitos preestabelecidos a partir de ideias sexistas sufocantes também prendem os homens dentro desta mesma reprodução de comportamentos que só fazem a roda girar no sentido do passado, sem deixar espaço para que o presente possa ditar o futuro.


Quanto mais homens estiverem presentes dentro do movimento, maior será a conscientização destes acerca de seus privilégios, da seriedade que envolve atitudes de abuso e opressão, de suas responsabilidades pelos atos de exploração sexista e de seu papel crucial para que a mudança social ocorra.

[1] Hooks,bell. Teoria feminista: da margem ao centro. Tradução: Rainer Patriota. São Paulo: Perspectiva, 2019.


 

O tema feminismo foi interessante para você?


Não se esqueça de deixar seu comentário e curtir clicando no coração. Sua interação é muito importante para nós.

Em nosso Blog Direito Humanizado você encontra muito mais conteúdos sobre Direito de Família. Acompanhe as postagens!


19 visualizações0 comentário