Atendimento multidisciplinar nos casos de violência doméstica

Atualizado: Out 21

Como o atendimento multidisciplinar pode ajudar a mulher em situação de violência.


Atendimento multidisciplinar nos casos de violência doméstica

Quando falamos em violência doméstica contra a mulher precisamos ampliar o foco da situação individual para a coletiva.


Para além das questões jurídicas que envolvem a violência doméstica, como por exemplo: Boletim de Ocorrência, representação, Medida Protetiva, Separação, Dissolução de União Estável, Partilha de Bens, Guarda dos filhos, Pensão Alimentícia etc. Precisamos também olhar para os indicadores da violência e seus riscos.


O atendimento multidisciplinar possibilitará avaliar de forma humanizada e objetiva os fatores de risco, de proteção e suas vulnerabilidades. Por não se tratar de um evento isolado, a estrutura do atendimento deve seguir algumas etapas:


  1. Avaliação do Risco

  2. Vulnerabilidade da mulher em situação de violência

  3. Fatores de Proteção


Avaliação do Risco de vida


Quando uma mulher relata uma situação de violência, é muito importante ponderar sobre a a situação de violência e o efetivo risco de vida. Através da análise do ciclo de violência doméstica e da escala da violência é possível mensurar e traduzir para a mulher as condições de risco em que ela está vivendo.


Ciclo da Violência



ciclo da violência doméstica

2. Escala da Violência doméstica



atendimento multidisciplinar violencia domestica

Através da escuta ativa e da análises desses parâmetros é possível concluir sobre qual o potencial de agressão fatal naquele caso concreto.


2. Vulnerabilidade da mulher




Analisar as condições de vulnerabilidade dessa mulher é muito importante para entender que condições ela tem para romper com ciclo de violência.


Assimetria Patrimonial: Trata-se de dependência financeira. Importante ressaltar que, nem todas as mulheres que estão em situação de violência doméstica dependem financeiramente do convivente. Porém, nos casos em que há assimetria patrimonial, esse é um fator que deve ser considerado.


Padrão Abusivo: Qual a forma de controle e de isolamento o autor da violência se utiliza.


Baixo Recurso para a Proteção, adoecimento ou agravo: Que recursos internos essa mulher possui, ou podem ser resgatados para que a mudança aconteça.


Narrativa aprendida: Trata-se do espaço social destinado desde o nascimento à mulher.


3. Proteção



como romper o ciclo da violência

É importante pontuar que a violência doméstica ocorre de forma hierárquica, devido a elementos presentes de uma cultura machista e patriarcal que atribui à mulher uma condição e um lugar.


Além das etapas descritas acima, o atendimento multidisciplinar visa o fortalecimento e empoderamento da mulher em situação de violência através da escuta qualificada, mediação e instrumentais específicos.


Se você conhece alguém que está passando por algum situação de violência, forneça essas informações. Não tenha medo de pedir ajuda.

Qualquer dúvida ou sugestão de plano de segurança ou de outras plataformas para denuncia deixe nos comentários, vamos formar uma rede de informações e de apoio para quem precisa.




8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo