Como ajudar uma mulher vítima de violência

No mês de agosto a Lei Maria da Penha completou 15 anos, porém, muitas mulheres ainda sofrem com a violência doméstica. Sua atitude pode salvar uma mulher, saiba o que fazer nesses casos.



A LMP estabelece medidas de assistência e proteção às mulheres em situação de violência doméstica e familiar. As medidas protetivas de urgência foram previstas com a intenção de proteger a mulher e o seu núcleo familiar durante o procedimento judicial de violência doméstica ou enquanto perdurar a situação de risco.


Para saber como pedir uma medida protetiva clique aqui.


Nesse vídeo você poderá entender como lidar quando uma mulher relata uma situação de violência:





Os links abaixo são para os serviços de proteção à mulher prestados no Estado de São Paulo:


Boletim de Ocorrência Eletrônico

Ministério Público

Defensoria Pública

Tribunal de Justiça


Se for uma situação emergencial, a polícia militar (190) ou a guarda civil da sua cidade devem ser imediatamente acionados.

Em todos os casos é importante consultar uma advogada para entender seus direitos e, se possível, buscar atendimento multidisciplinar.


PREVENÇÃO É A CHAVE:


Se esse conteúdo fez sentido e você quer se informar melhor sobre ações preventivas de combate à violência doméstica, o projeto Diálogos para Equidade oferece conteúdos, cursos e capacitações sobre prevenção, atuação e combate à violência contra mulher.


Clique aqui para conhecer a Diálogos para Equidade.


Gostou do conteúdo? Não se esqueça de deixar seu comentário e curtir clicando no coração. Sua interação é muito importante para nós. Para encontrar estes e outros contéudos sobre direito de família acompanhe as postagens aqui no Blog Direito Humanizado, instagram,facebook.







23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo